segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Happy Valentine's Day!

             No Japão o Dia dos Namorados (Valentine's Day) é comemorado duas vezes, hoje 14 de fevereiro e no dia 14 de março, o chamado "White Day".

São Valentim, foi o santo que desafiou as ordens do imperador romano Cláudio II que governou a antiga República Romana nos anos de 268 a 270 d.C e acreditava que soldados solteiros eram melhores lutadores.
Para isso proibiu o casamento nos períodos de guerras.
São Valentín,  um bispo, desobedecia esta ordem e celebrava às ocultas os casamentos, era o bispo do amor, até o próprio bispo se casou! Ele foi descoberto e preso, acabou sendo condenado à morte por desafiar uma ordem do imperador e promover casamentos sem autorização.
Na prisão se apaixonou por uma cega, filha do carcereiro e milagrosamenta ela voltou a enxergar após ter conhecido e amado São Valentim.

No ocidente comemoramos o Dia dos Namorados de várias maneiras: Do buquê de flores, passando pelo jantar a dois e até mesmo num motel, ou simplesmente uma ida ao cinema. No Japão é diferente: é imprescindível comprar um presente e entregá-lo em mãos e o presente é sempre a base de chocolate.
Uma curiosidade é que nessa data apenas as mulheres dão presentes aos namorados (sim, sem receber nada em troca!) As mais criativas (e talvez muito apaixonadas e um tanto endinheiradas) presenteiam com sapatos "cor de chocolate", camisas, carteiras, agendas em forma de chocolate, licores de chocolate, etc, mas não deixam de incluir no presente algum chocolate. Jantares e os etceteras acontecem depois de ofertados os presentes.
Além das japonesas presentearem o namorado com chocolate, é costume também oferecer alguns "Giri-choko" para seus amigos mais íntimos, colegas de escola, professores, chefes, parentes queridos. O Giri-choko é o chocolate que representa uma demonstração de carinho, amizade, admiração e agradecimento.
Há também o "chocolate do amigão", o Tomo-choko, é oferecido para os amigos mais queridos, além de que se pode oferecer um chocolate bem caprichado para um paquera, como se fosse uma declaração velada de amor, um pedido de namoro não-verbalizado, este chocolate é chamado de "Honmei-choko", o chocolate do "favorito".
A comemoração do dia dos Namorados foi introduzida no Japão em 1936, pela confeitaria Morozoff, na cidade de Kobe.  Em 1958 a rede de lojas de departamentos Isetan (uma espécie de Mappin' japonês que existe até hoje) popularizou o costume do Dia dos Namorados através de uma massiva campanha publicitária acompanhada de muitas mercadorias em oferta e com o slogan "Dê um presente a quem você ama no dia de hoje".
No dia 14 do mês seguinte (março) é a vez dos homens darem chocolates, retribuirem às mulheres os chocolates ganhos. Chocolates brancos (White Day) e pede a etiqueta que a retribuição seja maior (mais cara, mais valiosa e com maior quantidade).
Ou seja, para o homem que ganhou 10 chocolates de 1000 ienes, pode ter a certeza que ele gastará pelo menos o dobro para retribuir... Vale jantar com sobremesa de chocolate e até tratamento de beleza, cosméticos à base de chocolate.
(Ok, ISSO é que é cavalheirismo *_______*~)
Em japonês Dia dos Namorados é "Barentain Dee", uma pronúncia adaptada da frase original à fonologia da língua japonesa.

Só para variar esse costume cultural me foi apresentado pelo mangá de Card Captors Sakura N° 16, além da edição seguinte também mostrar o White Day.  Desde 2007 todo santo ano faço chocolates para os meus amigos iguais aos do mangá (em formato de estrela ^^)



            
                                         
 Uma coisa que me deixa estremamente deprimida como chocólatra oficial é a variedade de chocolates e de doces disponíveis no Japão...
Fuçando pela internet encontrei esse:
kitkat - matcha sakura


Matcha sakura kitkat é baseado em chocolate de chá verde, com o aroma de cereja.


Histórico:
Kit Kat foi inicialmente desenvolvido como um wafer crisp, lançado em Londres em Setembro de 1935.
Dois anos depois, o seu nome foi alterado para “Chocolate Crisp” Kit Kat. O nome Kit Kat isolado, só surge após a II Guerra Mundial. Não se sabe ao certo, o porquê do nome Kit Kat, mas pensa-se que este surgiu sob influência do famoso Kit Kat Club dos anos 20.
Dois anos após o lançamento de Kit Kat, este tornou-se líder de mercado, mantendo esta posição até aos nossos dias. Durante a II Guerra Mundial Kit Kat foi um valioso alimento, de tal forma que a publicidade da altura o descreveu como "O chocolate que as pessoas ativas necessitam".
Kit Kat surgiu pela primeira vez na televisão em 1957, com o tema “Have a Break – have Kit Kat”.
A campanha teve tanto sucesso que as vendas aumentaram 25%.
Recentemente, foi lançado Nestlé Kit Kat Chunky sendo também este um sucesso no mercado. Inicialmente lançado no Reino Unido (1999), atualmente é vendido na Europa Continental, Austrália, África do Sul, Japão, Canadá, Médio Oriente Médio e muitos mais países do mundo. (Brasil cadê? u.u)
A chave do sucesso de Kit Kat deve-se, essencialmente, ao fato de ser um produto único que oferece a quantidade certa de chocolate e Crisp Wafer, à sua comunicação clara e consistente e, claro, ao famoso conceito “The Break”. O mercado é repartido entre três multinacionais: Nestlé, Ferrero e Masterfoods.


Alguém ai ja comeu?
Feliz Dia Dos Namorados!

Fontes: Google, Lost in Japan Blog, Wikipédia.

6 comentários:

  1. Eu sempre achei o máximo essa coisa do Valentines Day no Japão... É muito meigo essa coisa de dar chocolates e receber presentinhos... *_*

    Quanto a esse chocolate... Eu acho que esse de chá não deve ser bom... XD

    ResponderExcluir
  2. Kit Kat é o melhor chocolate, principalmente pq derrete assim q vc põe na boca, uma delícia T^T

    ResponderExcluir
  3. Hannah - Tb sempre achei muito fofo, tanto que todo ano distribuo chocolates aos amigos ^^
    é tbm achei que o de chá verde deve ser horrivel xD

    Bia- Ownnn vc ja comeu! *invejinha* ^^

    ResponderExcluir
  4. soube deste costume no anime kimi ni todoke, porém alguns detalhes só soube agora neste post. Um ótimo costume! *-*

    ResponderExcluir
  5. MTO OBRIGADO por citar a fonte (meu blog, Lost in Japan). mta gente posta meu texto parcial/integral como se fosse de própria autoria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por nada! Eu acho totalmente indelicado postar algo que não é seu sem creditar, eu sou apx pelo seu blog! Uma pena que n tenha mais tanto tempo livre para ler... Me desculpe tbm por não linkar, quando fiz o post em 2011 n sabia fazer isso ^^"

      Excluir